Sábado, 15 de Junho de 2024
21°

Parcialmente nublado

Brasília, DF

Geral Gestão Pública

CLDF realiza seminário para combate à crise climática no DF

Nesta quinta (23), a partir das 14h, a Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana (CTMU) da Câmara Legislativa, em parceria com a União Nacional do...

22/05/2024 às 21h10
Por: Divino Candido Fonte: Agência CLDF
Compartilhe:
Foto: Prefeitura de Recife
Foto: Prefeitura de Recife

Nesta quinta (23), a partir das 14h, a Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana (CTMU) da Câmara Legislativa, em parceria com a União Nacional dos Legislativos Estaduais (Unale), realiza o seminário “Diálogos periféricos: enfrentando riscos ambientais”. A iniciativa do deputado Max Maciel (Psol) pretende debater estratégias de combate às crises climática e ecológica nas comunidades do Distrito Federal.

O encontro será mediado por especialistas nas áreas de planejamento urbano, meio ambiente e prevenção de riscos climáticos da Secretaria Nacional de Periferias (SNP) do Ministério das Cidades, com apoio da Universidade de Brasília (UnB) e Universidade Federal do ABC. A participação é gratuita, com emissão de certificado. O formulário de inscrições do evento ainda está disponível.

A urgência de conter impactos climáticos têm se acentuado no Brasil após os recentes eventos extremos que devastaram o Rio Grande do Sul. Segundo Max Maciel, o seminário é uma oportunidade de articular medidas eficazes para enfrentamento dos desafios ambientais que afetam as regiões periféricas não somente no DF, mas em todo país.


“Hoje, o DF tem 22 áreas de risco mapeadas, segundo o Serviço Geológico do Brasil. Esses locais são periferias”, afirma Maciel. “Precisamos planejar as cidades e políticas públicas de forma sustentável, respeitando nossas nascentes, nosso cerrado, mas, principalmente, garantindo segurança e qualidade de vida para a população. Que todos possam morar bem e em segurança”, salienta. 

Mesas

Intitulada “Risco nas periferias: melhores práticas para mitigação e prevenção”, a Mesa 1 recebe Liza Maria Souza de Andrade, pesquisadora do programa de pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UnB e Luciana Travassos, do programa de pós-graduação em Planejamento e Gestão do Território da Universidade Federal do ABC. Marcos Vinicius Botelho, diretor da Onda Solidária e graduando em Direito na UnB, modera o painel.

Mediada por Íris Leonhardt Pavan, mestre em Democracia e Sociedade pela Universidade de Brasília (UnB), a Mesa 2 aborda o tema “Melhores práticas, de governos e sociedade civil para redução das vulnerabilidades a riscos e desastres nas periferias”. O painel conta com a participação de Taciana Neto Leme, representante do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MDR), e Rodolfo Baêsso Moura, diretor do Departamento de Mitigação e Prevenção de Risco (DPR) da SNP.

Com informações da assessoria de comunicação do deputado Max Maciel (Psol)

Amanda Gonçalves (estagiária) - Agência CLDF