Quinta, 23 de Maio de 2024
18°

Tempo limpo

Brasília, DF

Senado Federal Senado Federal

Girão critica notificação de Advocacia do Senado a rádio cearense

Em pronunciamento nesta quarta-feira (15), o senador Eduardo Girão (Novo-CE) se posicionou contra a notificação extrajudicial enviada pelo Senado à...

15/05/2024 às 17h55
Por: Divino Candido Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
 - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
- Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em pronunciamento nesta quarta-feira (15), o senador Eduardo Girão (Novo-CE) se posicionou contra a notificação extrajudicial enviada pelo Senado à Rede Integrada de ComunicaçãoA Notícia do Ceará (ANC), emissora de rádio cearense, pedindo a retirada imediata de conteúdo de uma entrevista em que Ciro Gomes faz ataques à senadora Janaína Farias (PT-CE).

O senador expressou sua discordância com o "uso do aparato" do Estado para "intimidar e censurar" a imprensa no Ceará, e ressaltou a importância da liberdade de expressão para a democracia.

— Estou manifestando oficialmente essa minha posição à Presidência da Casa, pois, nesse caso, a Advocacia extrapolou em suas prerrogativas, por não existir nenhum nexo causal entre a citação pessoal da entrevista e o exercício público do mandato da nossa colega senadora [Janaína Farias]. O Senado tinha que ficar fora disso. Quem se sentiu atacado é que deve buscar os seus direitos, mas não com o aparato do Estado, porque intimida. Você imagina uma emissora, no interior do Ceará, recebendo uma interpelação do Senado Federal — ressaltou.

Girão também mencionou acusações feitas por Ciro Gomes durante a entrevista, ao "grupo político comandado por Camilo Santana", ministro da Educação, incluindo perseguição política, corrupção e omissão do governo em relação ao crime organizado no Ceará. O senador destacou a gravidade dessas acusações e questionou a falta de investigação por parte dos órgãos competentes.

— Fica aqui um importante questionamento: da entrevista de Ciro Gomes, o único fato que causou indignação foi a citação, no caso da senadora [Janaína Farias], de dois minutos? E o resto? Apenas silêncio? Nenhuma contestação? É muito estranho, pois são acusações gravíssimas de alguém que, durante muitos anos, foi aliado dessa oligarquia PT e PDT, que domina e vem destruindo o estado do Ceará — concluiu.