(61) 3434.3406
Está quase fechado”, diz Bolsonaro sobre filiação ao PL

Está quase fechado”, diz Bolsonaro sobre filiação ao PL

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 3ª feira (23.nov.2021) que “está praticamente resolvido” e “quase fechado” o acordo para sua filiação ao PL (Partido Liberal). O chefe do Executivo disse que o impasse que adiou seu ingresso à sigla envolvia o candidato que o PL apoiará ao governo de São Paulo.

Em Dubai, nos Emirados Árabes, Bolsonaro disse que não iria aceitar que o PL apoiasse “alguém do PSDB” para o governo de São Paulo. O presidente afirma ter “resolvido” o impasse, mas disse que “na política só está fechado depois que fecha”.

Faltava acertar o maior colégio eleitoral do Brasil que é São Paulo. Ele [Valdemar da Costa Neto] tem um compromisso lá com o vice-governador e tinha que arranjar uma maneira, sem quebrar a palavra dele, de resolver esse assunto. Está praticamente resolvido, eu converso com ele nos próximos dias e quem sabe a gente… Está quase fechado, mas na política só está fechado depois que fecha”, declarou em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat.

Bolsonaro afirmou que tem conversado com Valdemar da Costa Neto, presidente nacional do partido. Antes, a sua filiação estava marcada para 22 de novembro, mas foi adiada.

Eu estava lá na região do Golfo quando pedi para ele, em comum acordo –troca de mensagens, não telefonei para ele–, para a gente adiar a filiação que seria dia 22”, disse.

Na 4ª feira (17.nov), o diretório do PL decidiu por unanimidade dar “carta branca” para Valdemar negociar diretamente com Bolsonaro as indicações para candidaturas nos Estados em 2022. Era o principal entrave que barrava a filiação do chefe do Executivo.

O presidente está sem partido desde novembro de 2019, quando deixou o PSL. Na entrevista, afirmou que estava “atrasado” na corrida para se filiar a uma legenda.  fonte   360D

Compartilhar

Comentários